Biografia dos Acadêmicos: Luís de Gonzaga Malheiros

 
Luís de Gonzaga Malheiros (Nova Friburgo,8 de dezembro de 1914 – Niterói, 26 de janeiro de 2013) foi um escritor, político e professor brasileiro.

Filho do casal de portugueses Antônio Malheiros e Maria da Glória Alves Malheiros, tendo ficado órfão de mãe muito cedo, foi encaminhado para o Seminário da Ordem dos Barnabitas, presumivelmente para que se tornasse sacerdote. Estudou na Europa, onde em 1937 diplomou-se em Letras Clássicas, no Colégio Internacional de Filosofia de Roma. Um ano depois, concluiu o curso de Línguas Neolatinas, no Instituto de Estudos Superiores de Paris.

Tendo desistido de ingressar no sacerdócio, regressou ao Brasil, vindo morar em sua cidade natal, onde se dedicou ao magistério e à política, tendo exercido os cargos de Secretário Geral da Prefeitura e Secretário da Educação de Nova Friburgo, durante o governo de Alencar Pires Barroso. No Estado exerceu os cargos de Diretor do Departamento de Educação Primária, de Presidente do Conselho Estadual de Educação, e de Secretário de Estado dos Negócios da Educação e Cultura, nomeado em 1962 pelo Governador Celso Peçanha.
 
Foi professor no Colégio Modelo, Colégio Anchieta e a Faculdade de Filosofia Nossa Senhora Medianeira. Ampliando sua atuação em Nova Friburgo, foi gerente da Caixa Econômica Federal e vereador. Tendo sido um dos fundadores da Academia Friburguense de Letras, tornou-se seu presidente, em decorrência da morte do Dr. Daniel de Carvalho, sendo o último fundador vivo.

Era casado com Anna Elisa Povoleri Malheiros, com quem teve três filhos – Flávio Luís, Maria Lúcia e Heloísa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário