Biografia dos Patronos: Júlio Salusse

Júlio Mário Salusse  (Bom Jardim, 30 de março de 1872) foi um escritor brasileiro. Nasceu na Fazenda Gonguy, em Bom Jardim, então município de Nova Friburgo, cujo nome seria consagrado nas letras brasileiras com um soneto, entre os muitos que escreveu: “Cisnes”.

Órfão muito cedo, foi Júlio Salusse criado pela avó, com extremos de carinho, aquela mesma senhora que hospedara em sua pensão Casimiro de Abreu, e a quem, devido à saída precipitada em virtude do rápido progresso da doença que o vitimou, o poeta confessava dever uma pequena conta.

Formou-se Júlio Salusse em Direito e exerceu a promotoria em Nova Friburgo, onde sempre viveu. Depois de receber considerável herança, viajou pela Europa, e, de volta, traz na alma de poeta e de jovem a visão de beleza com que o Velho Mundo impregna os olhos dos artistas.

A poesia sedutora de Friburgo, com aquele maravilhoso céu que parece beijar os píncaros das montanhas, a beleza loura das jovens da cidade serrana, não exerceram tanta fascinação sobre o poeta como a beleza da filha do 2º Conde de Nova Friburgo, culta e inteligente, recém-chegada da Europa, onde se educava, e que seria a Laura do último Petrarca, como o denominou um seu biógrafo.

Mas Laura não corresponde à paixão do poeta, uma dessas paixões eternas, que imortalizam um poeta. Foi talvez contemplando os cisnes do Parque São Clemente, pensando nela, que Júlio Salusse escreveu o seu soneto célebre: "Os Cisnes".

Após permanecer alguns anos em Nova Friburgo Júlio Salusse mudou-se para o Rio, onde dissipou sua fortuna, com bebidas caras e mulheres bonitas. Em 1917, na miséria, obrigou-se a se desfazer até mesmo de sua biblioteca, vendendo até mesmo os únicos exemplares de “Nevrose Azul” e “Sombras”. Foi advogar. Anos depois se restabeleceu financeiramente. Escreveu mais alguns raros poemas, que permaneceram inéditos.

Faleceu no Rio de Janeiro, Gb, em 30 de janeiro de 1948.

           Biblia do Caminho
           Projeto Passo Fundo

Nenhum comentário:

Postar um comentário